• Gabi Bedinelli

Aqueles dias… e como lidar com eles?


Mesmo quando estamos no caminho do autoconhecimento, nem todos os dias são fáceis, né? Nem todos os dias estamos concentrados para meditar, inspirados para fazer uma atividade que gostamos ou com força para lutar pelos nossos sonhos. Todos temos "aqueles dias" em que nada parece dar certo e a nossa batalha diária não parece valer tanto a pena.


O primeiro segredo sobre isso é: Está tudo bem! Isso não quer dizer que não estamos no caminho certo ou que o esforço que estamos tendo em se conhecer e lutar pelo que acreditamos não tem resultados. Só significa que somos seres humanos e vamos ter dias mais leves e outros mais pesados.


O segundo segredo sobre isso é: Existem ferramentas que podemos utilizar para contornarmos esses dias. Antes de começar a testar algumas delas é importante nos perguntarmos: Isso é cansaço? Nosso cérebro funciona em ciclos e se temos alguns dias ou semanas muito pesados é super importante nos respeitarmos e apenas descansarmos e nos desligarmos um pouco. Se “aqueles dias” apareceram logo depois de um pico de estresse, a única ferramenta que é necessária é: DESLIGAR! Assista sua série preferida, escute música, peça a sua comida preferida, tome um banho longo, durma uma boa noite de sono… Use as técnicas que você mais gosta e que sabe que sua mente realmente irá recarregar as baterias do jeito que precisa.


Agora, se a situação não é essa e simplesmente você está há vários dias “naqueles dias” e sente que está na hora de sair, mas não sabe como, essas são algumas ferramentas que funcionam para mim e espero que possam ajudar:


1- Foco no positivo: Quando estamos nos dias tensos precisamos fugir da tendência de só reclamar ou achar que o mundo está conspirando contra nós. Se não tiver nada bom para dizer sobre uma situação ou pessoa, melhor não falar nada ou nem perder muito tempo pensando nisso. Foque nas coisas que te dão prazer! Ondas negativas atraem energia negativa e as positivas atraem energia positiva. Vamos focar nessa última para nos ajudar a voltar para nosso eixo!


2- Lista de conquistas: Não somos robôs! Por mais que nossa mente nos cobre de ter o máximo de produtividade diariamente, isso é humanamente impossível. Isso não quer dizer que somos pessoas piores ou perdemos valor. Precisamos nos entender e respeitar para não entrarmos em um processo de autodestruição. Uma das maneiras de entendermos que, mesmo sem 100% da produtividade em determinados dias ainda tivemos conquistas, é listá-las. Em qualquer momento “daqueles dias” comece a anotar tudo de legal que você fez.


3- Não focar no curtíssimo prazo: Quantas vezes já não passamos por situações que na hora pareciam as piores da vida e depois de um tempo entendemos que se aquilo não tivesse acontecido exatamente daquela maneira nossa vida teria outro resultado? Se focarmos sempre no dia exato em que vivemos, esquecemos que nossa vida é muito maior do que isso. Precisamos confiar mais e olhar mais para o longo prazo, sem nos prendermos em coisas que não conseguimos prever ou controlar no dia a dia.


4- Buscar encaixar momentos de flow no dia: Lembra dos momentos de flow? Aqueles em que fazemos uma atividade que se encaixa com nossos dons e talentos e não vemos o tempo passar? “Naqueles dias” é essencial darmos uma forçadinha e encaixarmos esse tipo de atividade em momentos diferentes do dia.


5- Poderes externos: Cristais, incensos, natureza, música… utilizar qualquer um desses itens que podem ajudar a influenciar nossa energia potencializa ainda mais a força para passarmos por “esses dias”.


Acima de tudo, é essencial que nos respeitemos! Como falamos, é 100% normal ter altos e baixos e não devemos nunca nos cobrar ou julgar por isso. O que não podemos deixar acontecer são semanas/meses/anos em um estado de negativismo, irritabilidade e falta de vontade de lutar pelos nossos sonhos e o que acreditamos. Só tem uma pessoa que pode fazer isso em nossas vidas: nós mesmos.



Gabi Bedinelli

#MaisProposito#Proposito#Autoconhecimento#OlharParaDentro#Ferramentas

Posts recentes

Ver tudo

O Tempo

Me peguei pensando muito ultimamente sobre a relatividade do tempo. Como é incrível que os minutos ou horas possam ter um significado tão diferentes, dependendo de cada situação. Quando estamos rindo

O que as inspirações querem nos dizer?

Assim como a intuição é nossa voz interior tentando mostrar o caminho certo para nós e para nossa verdade, as inspirações têm o mesmo objetivo e poder. No entanto, precisamos estar atentos e preparado

O que é Dharma?

Dharma é um conceito central nas diversas tradições espirituais da Índia. O termo surge a partir da raiz sânscrita dhṛ (que significa “sustentar”). Trazendo para o mundo prático, dharma significa a “n

Redes Sociais
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now