• Gabi Bedinelli

O Tempo

Me peguei pensando muito ultimamente sobre a relatividade do tempo. Como é incrível que os minutos ou horas possam ter um significado tão diferentes, dependendo de cada situação. Quando estamos rindo com as amigas, curtindo com a família ou fazendo uma atividade que nos empolga, as horas parecem poucos minutos e os dias passam sem nem a gente perceber.


Por outro lado, o tempo combinado com a ansiedade na qual muitos de nós vivemos diariamente podem ser muito cruéis. Quando esperamos uma resposta, um resultado ou passamos o dia fazendo algo que não está de acordo com nossa verdade, os minutos parecem horas e por nada nessa vida eles parecem passar.


Pensando nisso, cada vez mais entendo a importância do presente. Quando aprendermos a viver o momento, sem nos preocupar com o futuro, acredito que vamos finalmente aprender a controlar a relatividade do tempo. Se não nos preocuparmos que os picos de alegria vão passar, talvez os momentos felizes não passem tão rápido. Ao mesmo tempo, se ao invés de esperarmos resultados específicos a gente saiba aproveitar a jornada, eles também talvez não demorem tanto.


O problema disso é que sempre queremos controlar tudo. Queremos eternizar os momentos que consideramos positivos e acelerar os que consideramos “perda de tempo”. Você já assistiu o filme Click? O filme retrata um homem que quer muito ser promovido. Cegamente focado apenas nesse objetivo, acaba perdendo diversos momentos do dia a dia com sua família. Um determinado dia, ele tem acesso à um controle mágico com o qual ele consegue acelerar o tempo. Aparentemente é um presente! Ele já não vivia o presente. Vivia apenas querendo que o tempo passasse mais rápido para finalmente conseguir sua tão esperada promoção.


Não vou contar o final do filme, mas acho que já dá para imaginar o que acontece. Quando focamos tanto em objetivos específicos e fechamos nossos olhos para o nosso dia a dia, estamos abrindo mão dos prazeres da vida. Já ouvi milhares de documentários e entrevistas que ao perguntarem para pessoas que perderam entes queridos ou que estão no leito de morte o que elas mais sentem falta, 100% responde momentos rotineiros. Não respondem o resultado da prova X, ou o cargo Y. Respondem as coisas que normalmente queremos acelerar para chegar mais rápido “aos grandes resultados”.


Que cada vez mais consigamos viver o presente e os pequenos momentos! Sem se preocupar quando eles vão acabar, mas focando nos prazeres de cada minuto.


Gabi Bedinelli

#MaisProposito#Proposito#Autoconhecimento#OlharParaDentro#Tempo#Ansiedade #Presente

Posts recentes

Ver tudo

O que as inspirações querem nos dizer?

Assim como a intuição é nossa voz interior tentando mostrar o caminho certo para nós e para nossa verdade, as inspirações têm o mesmo objetivo e poder. No entanto, precisamos estar atentos e preparado

O que é Dharma?

Dharma é um conceito central nas diversas tradições espirituais da Índia. O termo surge a partir da raiz sânscrita dhṛ (que significa “sustentar”). Trazendo para o mundo prático, dharma significa a “n

Redes Sociais
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now